Mostrando postagens com marcador História. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador História. Mostrar todas as postagens
Rádio Nacional da Amazônia 43 anos, conheça sua história e sua marca

Rádio Nacional da Amazônia 43 anos, conheça sua história e sua marca


 A Rádio Nacional da Amazônia completou 43 anos neste 1º de Setembro de 2020, sua trajetória no ar engloba as emissoras da antiga radiobrás, atual EBC.

 A Rádio Nacional da Amazônia completou 43 anos neste 1º de Setembro de 2020, sua trajetória no ar engloba as emissoras da antiga radiobrás, atual EBC. 

Criada em 1º de Setembro de 1977, a Rádio Nacional da Amazônia (OC 11.780 KHz e 6.180KHz) nasceu para integrar a Amazônia Legal ao restante do País. No dia 1º de setembro, a emissora comemorou mais de quatro décadas, com histórias emocionantes de reencontros entre familiares, de contribuição para a superação das desigualdades e de atenção às questões da região.
Após 41 anos Artemisa Azevedo se despede da Rádio Nacional

Após 41 anos Artemisa Azevedo se despede da Rádio Nacional



Após 41 anos Artemisa Azevedo se despede da Rádio Nacional, criadora das famosas radionovelas da Rádio Nacional da Amazônia se despede da emissora após 41 anos de dedicação.
O Programa  Tarde Nacional – da mesma emissora  desta quinta-feira (13) entrevistou a locutora que por 28 anos esteve à frente do programa Falando Francamente, da Rádio Nacional da AmazôniaArtemisa Azevedo. Ela, que completou 41 anos na emissora, é a criadora de dezenas de radionovelas que fizeram história e marcaram a vida de centenas de ouvintes, como Passageiros da Ilusão, Amazônia, Turmalina, As Trigêmeas, Rosana, entre outras.
 Quando a Matemática é sua inimiga na escola?

Quando a Matemática é sua inimiga na escola?

 
Quando a Matemática é sua inimiga na escola? Conheça a história de duas professoras brasileiras que ajudam a mudar a educação no país: as finalistas do 21º Prêmio Educador Nota 10.
É só falar em Matemática e muitos já torcem o nariz, sacodem a cabeça e declaram seu desgosto pela matéria. Aos avessos a números e cálculos, provas complicadas, fórmulas impossíveis e outros traumas  são, via de regra, associados à disciplina. 
Era essa a reação que Ivonete Dezinho via no rosto de seus alunos do 8º ano toda vez que entrava na sala. Era um retrato de desânimo geral com a sua aula e em aprender a matéria.

Blogs e colunas